Skip to main content

Os programas de cashback – Japão (parte 3)

Um estudo de 2018 mostrou que o japonês possui em média 20 cartões e carrega consigo cerca de metade disso. A surpresa é que o cartões de crédito estavam longe de ser os mais populares. As três primeiras posições eram respectivamente: o cartão de transporte e dois cartões de pontos muito populares no país.

O problema é que o mercado japonês é muito pulverizado, existem mais de 2000 cartões de fidelidade no país oferecendo 01 ponto a cada 100 ienes gastos e é possível ganhar pontos comprando em praticamente qualquer lugar. O problema é que os pontos ficam distribuídos e no final quase 70% desses pontos são perdidos sem que o dono tenha ideia do seu valor.

Os programas de cashback surgiram para tentar ajudar nesse processo, já que se pode acumular pontos e depois trocar por dinheiro ou transferir os pontos entre programas, mesmo sofrendo um deságio, é possível acumular os pontos no local da sua preferência.

O cenário então é promissor: muitas opções e possibilidade de consolidar os pontos, isso claro se o idioma não for um problema. Para quem não fala japonês os sites podem parecer super poluídos e nada amigáveis.


Hapitas e Moppy

Decidi falar dos dois sites juntos, pois o funcionamento é parecido tanto para o Hapitas quanto para o Moppy.

Após o cadastro, você navega pelo site e escolhe uma das ofertas, que podem ser cartões de crédito, refeições e restaurantes ou compras em alguns sites. É mandatório clicar nos links e seguir as instruções a risca, caso contrário seus pontos não serão creditados.

O saldo em pontos pode depois ser convertido para dinheiro (1 ponto = 1 iene) ou transformado em milhas para ANA, ou JAL (sempre com deságio).

Particularmente, considero os dois sites confusos e a troca por milhas não é simples, pois o caminho de transferência não é direto, é necessário usar outros serviços para intermediar a troca.


Rakuten Rebates

Possui aparência e funcionamento muito parecido com a versão americana (não é a toa que são controlados pela mesma empresa).

Depois do seu cadastro (criar sua Rakuten ID, que poderá ser usada depois em todos os sites da empresa), basta escolher a loja de sua preferência, ativar a oferta e depois fazer sua compra novamente.

O número de lojas é bem grande, existe desde a possibilidade de pedir pizzas (Dominos) como lojas “normais” como Uniqlo, Dell, Gap e Microsoft e sites de reserva de hotel e passagem aérea.

A taxa de retorno começa em 1%, mas é comum encontrar promoções e taxas que chegam até 20%.

Os pontos acumulados podem depois ser usados na própria loja do grupo Rakuten a uma taxa de 1 ponto = 1 iene ou trocados por milhas ANA também com taxa 1:1.

Caso você tenha um cartão Rakuten Edy (o dinheiro eletrônico da Rakuten) incluído com o cartão Rakuten Premium, você pode também usar esse saldo em qualquer loja afiliada.


Minha Opinião

De maneira simples e fácil, o Rakuten Rebates é o serviço mais simples de ser usado no Japão.

Quer ganhar 500 ienes adicionais na sua primeira compra? Use esse link e aproveite as promoções.

Pode não parecer muito mais em pouco mais de 01 ano usando o serviço acumulei quase 10000 ienes fazendo as compras normais do dia a dia.


Bernardo

Colecione momentos, não coisas, afinal viajar não é luxo, é necessidade.